Açúcar


Açúcar é um termo genérico para carboidratos cristalizados comestíveis. A sua principal característica é o sabor adocicado.

Consumido em todo o mundo, infelizmente, o Açúcar Refinado representa uma das substâncias mais perigosas para a saúde, pois a ingestão desse açúcar pode diminuir, a longo prazo, a nossa qualidade de vida e ser a causa de muitos problemas de saúde:

- Reduzir o consumo desse açúcar também reduz os riscos de sofrer um ataque cardíaco, conforme destaca uma publicação do Journal of the American Heart Association, na qual foram revelados os perigos do açúcar para a saúde do coração.
- A frutose e a glicose em excesso podem provocar no fígado um efeito tóxico similar ao que se sente com o consumo excessivo de álcool.
- As pessoas que conseguem eliminar ao máximo o consumo de açúcar da dieta notam rapidamente como seus hábitos de sono melhoram, e a insônia deixa de ocorrer.
- A longo prazo, o açúcar pode provocar o envelhecimento precoce e causar outras alterações na pele pois ele interfere na produção de elastina e colágeno, que são duas das principais proteínas da pele.
- Os alimentos ricos em açúcar também costumam ter altos níveis de gordura, carboidratos e calorias, que são as principais causas do aumento de peso. Eliminar da dieta os açúcares também vai ajudar a eliminar em grande parte este tipo de substância, por isso será mais fácil manter um peso equilibrado e saudável.
- Ao eliminar o açúcar da dieta, também estaremos melhorando a função do aparelho digestivo aumentando sua capacidade de processar todos os alimentos. Graças a isso, evitaremos problemas de prisão de ventre e outras condições do cólon.
- Diferentes estudos puderam determinar que o consumo excessivo de açúcar favorece o desenvolvimento da resistência à leptina, que é o hormônio encarregado de dar o sinal de saciedade ao cérebro.
- O consumo de açúcar aumenta as possibilidades de ter cáries e outros problemas nos dentes. Quando reduzimos ao máximo o consumo de açúcar, estamos contribuindo para ter dentes muito mais saudáveis.

Apesar do açúcar refinado feito a partir da cana de açúcar ser o mais consumido em nossos lares, existe uma variedade enorme desse adoçante natural. As diferenças entre eles não se resume à matéria prima, que além da cana pode ser a beterraba, milho ou mandioca. O sabor, a textura e a composição nutricional também variam de acordo com os processos de refinamento pelo qual cada um dos tipos passa.

O Açúcar Cristal possui grãos maiores e mais transparentes que o açúcar refinado. As características do açúcar cristal se deve a técnica de refinamento leve, que tira cerca de 90% dos sais minerais.

O Açúcar refinado é o açúcar branco. No refinamento, aditivos químicos como o enxofre deixam o produto com aparência clara e uniforme. É usado em quase todas as sobremesas e bebidas.

O Açúcar de Confeiteiro ou Glaçucar possui cristais tão delicados e finos que até parecem farinha. Seu processo de refinamento é mais sofisticado. Depois de refinado ele é encaminhado para uma peneiragem, durante a qual os cristais são separados de acordo com a granulometria, e depois recebe uma pequena quantidade de amido de arroz, milho ou fosfato que evita que os grãos fiquem grudados.

O Açúcar Orgânico não utiliza ingredientes artificiais nem agrotóxicos desde o plantio até a industrialização. Possui cristais mais grossos e mais escuros que os outros açúcares.

O Açúcar Ligth é uma combinação do açúcar refinado com adoçantes artificiais, que, por suas características, adoça de quatro a dez vezes mais que açúcar comum. Sua única vantagem sobre o açúcar refinado é que quem o consome, ingere uma quantidade menor de calorias.

O Açúcar Líquido, também chamado de Xarope Simples, é utilizado frequentemente pela indústria alimentícia, para a fabricação de balas e refrigerantes.

O Açúcar Mascavo tem cor de caramelo e é mais úmido, e seu sabor lembra rapadura. Sua qualidade nutricional é melhor por não passar pelo processo de refinamento, e assim, conservando nutrientes como ferro e cálcio.

O Açúcar Demerara é bem parecido com o açúcar mascavo, porém, ele passa por um processo de refinamento leve, durante o qual não recebe nenhum aditivo químico. Usado no preparo de doces mais sofisticados, este é um dos açúcares mais caros do mercado.

O Açúcar Vanille tem um leve sabor de baunilha. É o tipo de açúcar perfeito para preparar biscoitinhos caseiros e bolos simples. Porém, não é comercializado em todas as regiões do Brasil.

O Xarope Invertido é uma mistura de três tipos de substâncias adoçantes. Com 1/3 de glicose, 1/3 de frutose e 1/3 de sacarose, e é uma solução aquosa, fácil de ser armazenada. Também é muito utilizado na indústria alimentícia por agir contra a cristalização nos alimentos já preparados. Frutas em calda, sorvetes, balas e caramelos, licores, geleias, biscoitos levam o ingrediente em sua composição. Pessoas com Frutosemia devem tomar bastante cuidado ao adquirir esses produtos. Leia o rótulo atenciosamente antes de adquiri-los.

Se você pretende continuar a usar o açúcar no lugar do adoçante, prefira o Açúcar Mascavo.

Eu fico com o adoçante, e, de preferência, o produzido através da Stévia, uma planta nativa da América Central e do Sul, que pertence à mesma família do girassol e da chicória. Encontra-se em suas folhas, dois principais compostos glicosídeos, de sabor adocicado: o esteviosídeo e o rebaudiosídeo A. Estes compostos são 200 a 300 vezes mais doces que o açúcar, de tal forma que uma pequena quantidade é suficiente para obter a doçura desejada. E o melhor, sem prejudicar a sua saúde.

Infelizmente, para se usar adoçante em receitas para forno e fogão, temos de usar o adoçante artificial em pó a base de ciclamato de sódio e sacarina.

Nenhum comentário:

Comentários
0 Comentários

Postar um comentário

"
"
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...