Omelete com Polvilho Doce

Rápido, prático, fácil de preparar, pode ser ingerido em qualquer refeição, o omelete agrada todos os tipos de paladar, além de ser fonte de proteínas.
Então, por que não fazer um upgrade para que ele, além de proteínas, nos forneça fibras, sais minerais e carboidrato de baixo índice glicêmico?

Ingredientes
- 2 ovos
- 1 colher (sopa) de polvilho doce
- Pimentão verde picado em cubos (a gosto)
- Tomates Picados (a gosto)
- Sal (a gosto)
- 1 pitada de Orégano
- 1 pitada de Alecrim desidratado
- Azeite extra virgem (a gosto)

Modo de fazer
1º - Misture todos os ingredientes, com exceção do azeite
2º - Frite em uma omeleteira em fogo brando
3º - Jogue um fio de azeite ao servir.

Creme de Batata Doce Roxa


Que a Batata doce, principalmente a roxa, é uma grande aliada a quem está tentando perder alguns quilos, todo mundo já sabe.
Só que comer a batata doce cozida, ou mesmo frita sem óleo, na forma de chips todos, ou quase todos os dias, acaba cansando.
Por isso fiquei pensando em inovar seu sabor, sem perder as suas qualidades, e ainda, enriquecendo ainda mais essa nossa grande amiga.
Foi aí que acabei chegando nessa receita, que modéstia parte, fica deliciosa, e ainda pode ser usada para rechear outros alimentos, como por exemplo, o pimentão, o tomate, a abobrinha, ou mesmo ser comido sozinho.
Vamos à receita...

Ingredientes
- 2 batatas doces médias picadas ao meio longitudinalmente, cozidas com sal, sem retirar a casca.
(eu já deixo várias guardadas na geladeira para substituir o pão na hora do lanche)
- 2 colheres (sopa) de iogurte natural
- 1 colher (sopa) de requeijão cremoso ligth (com ou sem lactose)
- 1 colher (café) de gengibre
- 1 colher (café) de gergelim
- Pimenta (a gosto)

Modo de fazer

1º - Com uma colherinha, retire a massa do interior da batata doce. A parte que resta, parecendo um barquinho, reserve.
2º - Misture todos os outros ingredientes.
O resultado é um creme de batata doce extremamente saboroso.
3º - Coloque este creme dentro dos barquinhos de batata doce, ou outros legumes de acordo com seu gosto e imaginação.

Pode ser guardado na geladeira por até 24 horas.
Antes de servir, aqueça no micro-ondas por 20 a 60 segundos. Este tempo varia de acordo com o quão frio está seu legume recheado. Lembre-se que ele já está cozido, e se quiser, pode até ser ingerido frio.

Carboidratos e Índice Glicêmico

Os carboidratos são alimentos que fornecem energia ao nosso organismo. Através deles é que nossas células obtêm energia para realizar suas funções metabólicas.

Os alimentos com alto índice glicêmico elevam rapidamente a glicose sanguínea, fazendo com que nosso organismo tenha que produzir altos níveis de insulina em pouco tempo para poder transformar o alimento em energia, e logo, todo o alimento foi transformado em energia, além da que você precisaria, e então, o que sobrou, é armazenado, principalmente em forma de gordura para ser utilizado enquanto você não está ingerindo outros nutrientes. Mas ao contrário do que muitos imaginam, quando se necessita de energia e não há fonte de nutrientes sendo digeridos, ou seja, você não está comendo regularmente para tentar emagrecer, a musculatura é a primeira a ser queimada, e, só por último, é que nosso organismo vai começar a utilizar a gordura armazenada.

Os alimentos com baixo índice glicêmico são digeridos e absorvidos mais devagar, levando a sensação de saciedade, e causando uma baixa elevação no nível de glicose no sangue, e, consequentemente, não causando picos de liberação de insulina, levando a uma liberação de energia mais lenta e menor volume de armazenamento em forma de gordura.

É por este motivo que muitos nutricionistas orientam as pessoas para se alimentar de 3 em 3 horas, na tentativa do organismo pensar que não necessita guardar energia, e que os alimentos com menor índice glicêmico estão tão em alta.

Mas como saber se o que estamos alimentando tem alto ou baixo índice glicêmico? Este é medido através da dosagem da glicemia após a ingestão de um alimento, comparado a um alimento padrão, no caso, a glicose.


IG =   área sob a curva glicêmica do alimento teste         x 100
         área sob a curva glicêmica do alimento padrão

Alimentos de alto índice glicêmico: > 85
Alimentos de moderado índice glicêmico: 60 - 85
Alimentos de baixo índice glicêmico: < 60

Temos que consultar tabelas para saber o IG dos alimentos. O Método da FAO de cálculo do IG é o mais preciso.

Vale uma dica:
- Quanto mais madura está uma fruta, maior o seu IG.
- Quanto maior o tempo de cozimento dos alimentos, maior o IG, pois as moléculas de amido incham e o deixam macio, facilitando a digestão.
- A acidez de alguns alimentos ajuda a desacelerar a taxa em que o organismo digere determinada comida. Logo, ajuda tornando a digestão mais lenta, a absorção vagarosa e causa um efeito favorável no sangue.


Mousse de Banana


Promessa é dívida.
Eis a minha receita de Mousse de Banana.

Ingredientes
- 4 bananas caturras maduras trituradas com a casca
- 1 xícara de adoçante em pó
- Meia xícara de água
- 1 envelope de gelatina incolor sem sabor
- 200 gramas de creme de leite
- 1 colher de chá de alfarroba (para tornar o seu mousse mais nutritivo)
- Canela em pó (a gosto)

Modo de fazer

1º - Coloque em uma panela o adoçante e leve em fogo brando
2º - Acrescente a canela em pó, a banana triturada, a água e a alfarroba
3º - Misture bem até ficar um creme homogêneo
4º - Retire do fogo, acrescente o creme de leite e misture
5º - Vá colocando a gelatina em pó aos poucos, sempre misturando
6º - Deixe na geladeira para tomar consistência
7º - Sirva gelado

Torta De Polvilho e Queijo


Quem cozinha em casa sabe que sempre resta alguma coisa do dia anterior, e esquentar para comer depois, nem sempre é agradável aos olhos, mesmo que seja agradável ao paladar.
Por isso, fiquei pensando no que fazer com aquele resto de legumes cozidos de ontem.
Olhei no freezer, e ainda havia frango cozido e desfiado.
Não deu outra...
Torta De Polvilho e Queijo Recheado com Frango e Legumes

Vou passar para vocês a massa.
O recheio... Fica por conta de sua imaginação.
Lembre-se de que neste tipo de receita, o recheio deve ser seco, sem molho.
Para quem tem intolerância a lactose, use os derivados do leite sem lactose.

Ingredientes
- 2 gemas
- 2 claras em neve
- 1 colher de margarina ligth
- Meia xícara de leite desnatado
- 2 xícaras de polvilho
- 200 gramas de requeijão
- Queijo ralado (a gosto)
- 1 pitada de sal

Modo de fazer
1º - Misture as gemas com a margarina até ficar homogêneo
2º - Acrescente 1 pitada de sal e o requeijão e misture bem
3º- Junte o leite, misture, e vá acrescentando o polvilho
4º - Para ficar bem homogêneo, utilizei as pás de se fazer clara em neve do mixer. Outra opção é fazer em uma batedeira.
5º - Acrescente queijo ralado
6º - E por último, junte as claras em neve delicadamente.

Montando a Torta
1º - Coloque parte de sua massa no fundo de um refratário, de preferência, de lateral removível
2º - Coloque o seu recheio
3º - Cubra com o resto da massa
4º - Polvilhe queijo ralado (a gosto)

Asse em forno pré-aquecido a 260ºC por cerca de 30 minutos.
O tempo varia de forno para forno.

Pode ser servida fria ou quente, no lanche ou café da manhã.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...