Suco Detox de Abacaxi com Hortelã



Sucos Detox fazem as toxinas que ingerimos serem eliminadas, promovendo uma limpeza interna que facilita o processo de emagrecimento.

O abacaxi é naturalmente desintoxicante para o organismo, pois possui 87% de água, fibras, vitaminas e minerais em sua composição, além de ter ação diurética, ajudando a eliminar o edema e estimular nossos rins, eliminando toxinas através da urina.
Além de possuir um sabor muito agradável, ele é rico em vitaminas C, A e B1; magnésio, cromo, cobre, manganês, ferro; fibras e bromelina que melhoram a função intestinal e facilitam a digestão.

O cromo é um mineral que, entre outras funções, ajuda a diminuir o apetite.

Já a hortelã, além da refrescância e aroma que proporciona ao suco, ajuda na digestão, a diminuir flatulências e a irritação no cólon e ainda tem ação expectorante. É uma erva rica em cálcio, fósforo, ferro, potássio e vitaminas A, B e C.

E nada melhor que a praticidade do preparo desse suco.

Ingredientes
- 2 fatias de abacaxi (sem casca)
- 2 ramos de hortelã
- 100 ml de água gelada
- Cubos de gelo (a gosto)
- Adoçante (a gosto)

Modo de fazer
1º - Bata todos os ingredientes no liquidificador e pronto

Quando antes tomar, menos se perde de suas vitaminas.

Terapia da Água


Que a água é essencial para a saúde e o bem-estar ninguém questiona. Podemos ficar dias e dias sem alimentar, porém, mais de dois dias sem água nos leva a um estado grave de perda da saúde, nosso organismo entra em um verdadeiro colapso.

O correto é a ingestão de cerca de 2 litros de água por dia.

O excesso de água pode ser extremamente prejudicial, uma vez que nossos rins na possuem a capacidade de processar mais de 800 a 1.000 ml de água por hora e com isso, a água extra vai diluir a concentração de sódio no interior de nossas veias e artérias causando hiponatremia que leva a um edema em nossos neurônios e consequente diminuição do sensório, convulsões, podendo chegar até ao coma e a morte.

De acordo com a tradição japonesa, terapia da água pode ser usada como um tratamento natural de várias doenças, mas nada foi cientificamente provado. Ao se levantar na manhã, antes de escovar os dentes, essa tradição indica a ingestão de cerca de 650 ml de água, e ficar sem se alimentar nem beber nada durante 45 minutos. De fato, o Japão é o país que tem proporcionalmente o maior número de centenários no mundo, mas será devido a esta prática? Imagino que existam milhões de outros fatores que corroboram para isso.

Na Índia, a diferença é que se ingere muito mais água em jejum ao se levantar, cerca de 1500 ml, o que pode levar muitas pessoas ao estado de hiponatremia. 

Sobre a questão de que tomar água em jejum emagrece, paira sobre mim certas dúvidas. A água gelada queima apenas cerca de 20 calorias no processo chamado termogênese, o que é pouco significativo em uma dieta saudável, na qual se ingere cerca de 2000 calorias. Em contrapartida, enchendo o estômago de água, o que pode acontecer é a sensação de diminuição da fome. Com menos fome, menos comida seria ingerida. Neste caso colaboraria com a perda de peso. 

O que é fato é que a ingesta de água é fundamental para a eliminação de toxinas produzidas pelo organismo, seja através da urina ou através do suor. E é dessa forma que uma pele bem hidratada elimina toxinas com maior facilidade e fica com aparência mais saudável. 

Camu Camu


O camu camu também conhecido como "camucamu", "caçari", "araçá-d'água", ou ainda "camocamo" (Myrciaria dubia; Myrtaceae), é uma árvore frutífera da Amazônia, chamada em 1823 como Psidium dubium Kunth e pertence à família da goiaba e da jabuticaba.

Um dos frutos com mais alto teor de vitamina C no mundo, só perde para a fruta australiana Kakadu plum que produz uma fruta conhecida comumente como ameixa de Kakadu.

Possui 30 vezes mais vitamina C do que a laranja, geralmente com 2800 mg/ 100g de fruto, podendo chegar a mais de 6.000 mg/ 100 g do fruto, contra uma média de 1.700 mg/ 100 g da acerola.

Seus frutos são globosos, com 10 a 32 mm de diâmetro, de coloração vermelho-escura passando ao roxo-escuro ao final da maturação, possuindo uma polpa ácida com 2 a 3 pequenas sementes por fruto.

A importância desde alto teor de Vitamina C do camu camu é que ela é um poderoso antioxidante na eliminação de radicais livres, proporcionando retardamento no envelhecimento. Pesquisas realizadas por médicos norte-americanos constataram que a ingestão diária de 1 grama de camu camu liofilizado em pó e em jejum, em até 2 horas, elimina os sintomas de ansiedade, alterações de humor e depressão.

O uso diário de camu camu fortalece o sistema imunológico; promove a vitalidade das pessoas com deficiências orgânicas; fortalece o sistema nervoso, aumentando no homem a potência sexual; ajuda na formação de células brancas do sangue, combatendo algumas espécies de câncer; promove a eliminação de toxinas do corpo e em especial do fígado; estimula o sistema cardíaco e circulatório; evita o stress que pode levar a depressão; auxilia no tratamento de câncer de mama; aumenta a resistência, combatendo a gripe e infecções do sistema respiratório; auxilia no tratamento de prostatite e câncer de próstata.

Seu Principio Ativo:
Proteínas, fibras, minerais (cálcio, fósforo, potássio, ferro), vitaminas, tiamina, riboflavina, niacina e vitamina C (ácido ascórbico).

Modo de Usar:
50g da polpa da fruta, ou 1 colher (sopa) do pó da fruta em um litro de água. Bater no liquidificador e adoçar a gosto. Fica de uma cor rosada e é de um sabor inigualável com outras frutas.

Neste suco que mostro aqui, fiz da seguinte maneira:

Ingredientes
- 2 rodelas de abacaxi
- 1 maça com casca e sem semente
- 1 colher (sopa) de camu camu em pó
- 1 colher (sopa) de Goji Berry
- 1 pitada de gengibre em pó
- Meio litro de água gelada
- Cubos de gelo (a gosto)
- Adoçante (a gosto)

Modo de fazer
1º - Bater tudo no liquidificador e pronto

Geleia de Gengibre

Apesar dos nutricionistas afirmarem para nunca aquecer o Gengibre por diminuir sua ação benéfica, conservá-lo cru para ser usado posteriormente é uma tarefa impossível, pois logo ele fica seco e duro. Além disso, muitas pessoas não gostam de seu sabor ardente.

Uma maneira de se retirar seu ardor e torná-lo extremamente agradável para ser usado como antepasto ou misturado a saladas e outros tipos de alimentação, é fazer uma geleia que pode ser conservada na geladeira por semanas.

A receita é muito simples e prática.

Ingredientes
- Mais ou menos 100 gramas de gengibre descascado e triturado ou ralado
- 1litro de água
- 2 colheres (de sopa) de adoçante em pó
- 1 pacote de gelatina sem cor e sem sabor

Modo de fazer
1º - Coloque a gelatina em 1 xícara de água fria para hidratá-la e reserve
2º - Em uma panela, coloque o adoçante em pó, o gengibre e 500 ml de água e deixe ferver por alguns minutos para cozinhar o gengibre
3º - Desligue o fogo e acrescente a gelatina hidratada e misture por um minuto
4º - Acrescente o restante da água fria, ou gelada
5º - Coloque em um recipiente, de preferência com tampa, ou mesmo em taças para servir à mesa
6º - Leve à geladeira para tomar textura.

Dica:
Se você é como eu que não sou nada fã de descascar o gengibre, durante o cozimento, sua casca se solta e você pode ir retirando-a com uma escumadeira.

Bom apetite!

Mussaká sem Glúten e sem Lactose

Também conhecida como mousaka ou moussaka, é uma comida típica da Grécia, Turquia e Bálcãs, constituída por carne de carneiro em sua versão original, que pode ser substituída por carne moída bovina, berinjelas, batata, sempre condimentado com azeite, cebola e ervas e fortemente temperado com pimenta.

Na versão original, esta receita contém Glúten e Lactose.
Como a intolerância ao Glúten e Lactose têm aumentado exponencialmente nos últimos tempos, resolvi fazer uma versão tão deliciosa como a original, mas sem utilizar estes componentes.

Demorou, mas acho que consegui essa façanha.
Experimente! Você não vai se decepcionar.

Ingredientes

- 2 berinjelas de tamanho médio cortadas em rodelas finas, com casca
- 1 colher (sopa) de vinagre branco
- 500 gramas de carne de boi moída
- Folhas de hortelã picadas (a gosto)
- Bacon cortado em cubos (a gosto)
- 1/2 xícara (chá) de azeite de oliva
- 2 cebolas picadas
- 1 pimentão picado
- 4 tomates maduros picados (pode ser usado também extrato de tomate, lata pequena)
- 400 ml de molho madeira
- Sal e pimenta (a gosto)
- 500 gramas de batata inglesa cozida
- 500 gramas de aipim (mandioca) cozido
- 1 xícara de polvilho doce cozido em meio litro de água

Modo de fazer

1º - Amasse as batatas cozidas, tempere com sal (a gosto) e reserve
2º - Ferva a berinjela com sal e vinagre, escorra a água, e depois ferva somente com água novamente, escorra a segunda água e reserve
3º - Coloque o bacon e as cebolas em uma panela e deixe fritar. Se não quiser utilizar o bacon, use um pouco de óleo ou azeite. Adicione sal, pimenta, folhas picadas de hortelã, carne moída, misture e deixe fritar. Adicione um pouco de água, os tomates, ou extrato de tomate, e o molho madeira. Acerte o tempero e reserve.
4º - Bata a mandioca com o polvilho cozido com um pouco de azeite e sal. Se precisar, coloque um pouco mais de água. Reserve.
5º- Monte seu Mussaká em camadas, colocando em um refratário primeiro as batatas, depois a berinjela, o molho de carne moída e por último, o creme de mandioca com polvilho (requeijão sem queijo)
6º - Leve ao forno para aquecer
7º - Sirva quente
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...