Bolo de Milho


Um dos bolos mais deliciosos que tive a honra de experimentar!
Essa receita me foi passada pelo Chef Fernando, na minha última viagem de mergulho.

Sabendo da minha intolerância a Glúten, ele preparou essa delícia e pediu para avisar que estava fazendo especialmente para mim.
Todos que experimentaram, nem acreditaram que esse bolo não continha Glúten.

Obrigada Chef Fernando!

Ingredientes
- 400 gramas de milho cozido
- 300 ml de leite condensado
- 1 colher (sopa) de manteiga
- 4 ovos
- 1 xícara (chá) de amido de milho
- 1 colher (sobremesa) de fermento químico

Modo de fazer
1º - Pré aqueça o forno a 200ºC
2º - Bata no liquidificador o milho, os ovos, a manteiga, o leite condensado e o amido de milho por cerca de 5 minutos
3º - Acrescente o fermento químico mexendo delicadamente
4º - Coloque em uma forma untada com manteiga
5º - Leve para assar em banho maria por cerca de 30 a 40 minutos, ou até ficar dourado. Faça o teste do garfo.

Bom apetite!

Cravo da Índia - Para que serve e como consumir


O cravo da Índia é uma árvore nativa das ilhas Molucas, na Indonésia. Atualmente é cultivado em várias regiões do mundo, como as ilhas de Madagascar e de Granada.

Utilizado como especiaria desde a antiguidade e na fabricação de medicamentos, foi uma das especiarias mais valorizadas, no mercado do início do século XVI. Um quilo de cravo equivalia a sete gramas de ouro.

Tem sido utilizado, há mais de 2000 anos, como uma planta medicinal.
O botão de sua flor, seco, é empregado na culinária como condimento.
Os chineses acreditavam em seu poder afrodisíaco.

Seus efeitos medicinais compreendem o tratamento de náuseas, flatulências, indigestão, diarreia, tem propriedades bactericidas, e é também usado com anestésico e antisséptico para o alívio de dores de dente.

Seus benefícios se devem às suas propriedades antissépticas, cicatrizantes, antifúngicas, antibacterianas, antioxidantes, analgésicas e anti-inflamatórias. Considerado bastante eficaz contra náuseas, soluços, enjoo e vômitos. O óleo extraído do cravo da Índia, além do efeito antisséptico, auxilia na eliminação de toxinas. Seu uso é ampliado ainda como um complemento ao tratamento de bronquite, tosse e síndromes gripais.

Muitos ainda acreditam que seu consumo ajuda no processo de emagrecimento por ajudar a controlar o colesterol ruim, acelerar o metabolismo por sua ação sobre a tireóide, liberando hidrogênio, reduzindo a peroxidação lipídica, proporcionando o aumento da saliva e líquidos responsáveis pela digestão e promovendo uma rápida queima de gordura.

O cravo da Índia proporciona um melhor funcionamento do organismo sendo indicado para quem busca o equilíbrio entre boa forma e saúde.

Na medicina chinesa é considerados acre, quente e aromático, entrando no rim, baço, estômago e meridianos, e é notável na sua capacidade de aquecer o meio, qi estômago direto para baixo, para tratar soluços e fortalecer o yang do rim. O óleo de cravo é usado em várias desordens da pele, como acne, espinhas, queimaduras, irritações na pele e para reduzir a sensibilidade da pele.

Rico em nutrientes e óleos essenciais auxiliam mente e corpo. O seu principal componente ativo é o eugenol, responsável pelos seus efeitos e odor poderosos, importante anestésico local e antisséptico. Ainda é rico em sais minerais como potássio, manganês, ferro, selênio e magnésio, além de conter Vitamina A, Vitamina C, Vitamina K e beta-caroteno.

Pode ser usado internamente como um chá e topicamente como um óleo para ser aplicado a pele.

Devemos lembrar que tudo consumido em excesso tem suas conseqüências. Ele pode ocasionar irritação na mucosa da boca e o óleo pode causar irritação na pele. Além disso, é contra-indicado em gestantes ou lactantes, além de crianças menores de seis anos e pacientes com problemas gastrointestinais e doenças neurológicas.

Sugestão de uso.
Faça um chá de cravo.
Além de gostoso, pode te trazer diversos benefícios.

Ingredientes
- 1 colher (sopa) de cravo da índia
- 1 pedaço de canela em pau
- folhas secas de hortelã (a gosto)
- 500 ml de água

Como fazer
Coloque todos os ingredientes em uma vasilha e ferva por cerca de 5 minutos.
Coe antes de servir.
Pode ser consumido quente ou gelado.
Se preferir, adoce.

Bolo de Chocolate da Bárbara


Aqui vai mias uma dica da Bárbara, um Bolo de Chocolate, sem glúten e sem lactose, saudável, muito macio e saboroso.

Mas por que usar o cacau em pó no lugar do chocolate?
Muito simples.
É extremamente difícil encontrar chocolate sem glúten.
Além do do mais, o cacau em pó é isento de açúcar, menos calórico e menos gorduroso que o chocolate. Tem ação antioxidante, anti inflamatória, antidepressiva, ansiolítica e ainda diminui os riscos de doenças cardiovasculares.

Uma outra opção seria usar a Alfarroba no lugar do Cacau, o que manteria seu bolo extremamente nutritivo, saudável e saboroso, assim como na receita da Bárbara.

Referencias sobre os Benefícios do Cacau:

1. Braz. J. Food Technol., Campinas, v. 14, n. 3, p. 181-201, jul./set. 2011 DOI: 10.4260/BJFT2011140300023: Polifenóis em cacau e derivados: teores, fatores de variação e efeitos na saúde

2. SJ Crozier,  AG Preston, JW Hurst et al. Cacao seeds are a "Super Fruit": A comparative analysis of various fruit powders and products. Chem Cent J. 2011; 5: 5. 

3. R Sansone, A Rodriguez-Mateos, J Heuel et al. Cocoa flavanol intake improves endothelial function and Framingham Risk Score in healthy men and women: a randomised, controlled, double-masked trial: the Flaviola Health Study. British Journal of Nutrition (2015), 114, 1246–1255. 

4. SG Westa, MD McIntyrea, MJ Piotrowski et al. Effects of dark chocolate and cocoa consumption on endothelial function and arterial stiffness in overweight adults. British Journal of Nutrition (2014), 111, 04, 653-661.

5. Heiss C, Dejam A, Kleinbongard P, et al. Vascular effects of cocoa rich in flavan-3-ols. JAMA (2003) 290, 1030–1031.

6. Heiss C, Keen CL & Kelm M. Flavanols and cardiovascular disease prevention. Eur Heart J (2010) 31, 2583–2592.



Ingredientes
03 ovos
1 xícara (chá) de adoçante em pó
1/2 xícara (chá) de óleo
1/2 xícara (chá) de cacau em pó
1 xícara (chá) de água quente
1 xícara (chá) de farinha de arroz
1 colher (sopa) de fermento químico

Modo de fazer
Bata os ovos e o açúcar até formar um creme homogêneo
Acrescente o óleo e o cacau. Misture até dissolver o pó
Acrescente a água e misture novamente
Junte a farinha de arroz e misture bem até ficar homogêneo
Por último, junte o fermento químico e misture suavemente
Unte uma forma média com óleo, polvilhe com um pouco de pó de cacau, e leve para assar em forno pré-aquecido a 200ºC por cerca de 30 a 40 minutos. Faça o teste do palito.

Não se preocupe com o aspecto da massa, que na verdade, fica parecida com um creme.

Bom apetite!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...