Pão Sem Glúten

Hoje vou postar mais uma deliciosa receita de pão sem glúten, prática, barata, deliciosa, e que não demanda ser nenhum expert em culinária.

Ingredientes
- 01 xícara (chá) de fubá pré-cozido
- 01 xícara (chá) de farinha de arroz
- 02 xícaras (chá) de polvilho azedo
- 01 xícara (chá) de quinoa em flocos
- 01 xícara (chá) de albumina (clara de ovo desidratada)
- 01 colher (chá) de cremor tártaro
- 03 xícaras (chá) de água
- 03 ovos
- 01 sachê de fermento biológico
- 01 colher (chá) de açúcar
- 01 colher (sopa) de sal.
- 01 colher (sopa) de manteiga
- Queijo parmesão ralado para polvilhar (opcional)

Modo de fazer
1º - Em um recipiente, coloque o polvilho, a albumina, a quinoa em flocos, o cremor tártaro, a manteiga, o açúcar e o sal.
2º - Em uma panela, coloque 03 colheres de polvilho azedo, acrescente 01 xícara de água, leve ao fogo brando mexendo bem até formar um grude transparente. Coloque sobre o resto do polvilho.
3º - Em uma panela, coloque 02 xícaras de água fria, acrescente o fubá e a farinha de arroz, leve ao fogo brando até formar uma massa homogênea. Coloque no recipiente junto aos outros ingredientes.
4º - Misture tudo, e depois esfriar um pouco, acrescente os ovos, misture. Pode usar uma batedeira para ficar mais fácil homogeneizar.
5º - Unte uma assadeira retangular de tamanho médio com manteiga, despeje sua massa de pão, polvilhe com o queijo parmesão, e deixe descansar até dobrar de volume. Para adiantar o processo, pré aqueça o forno e desligue, deixando seu pão para crescer.
6º - Importante: Coloque outra forma com água quente no fundo do forno para seu pão ficar mais fofinho.
7º - Religue o forno a 220ºC e deixe assar por cerca de 30 minutos. Faça o teste do grafo.
8º - Se seu forno tiver grelhador, acione-o por cerca de 10 minutos depois de assado, para dar aquele aspecto douradinho.

Bom apetite!

Broinha de Fubá de Canjica da Tia Ana


Aprendi a cozinhar com a minha Tia Ana e com meu pai, e, devo dizer, seus pratos são deliciosos.
Hoje, Tia Ana me passou mais essa receita deliciosa que vou compartilhar com vocês.

Ingredientes
- 2 xícaras (chá) de fubá de canjica
- 1 e 1/2 xícara (chá) de leite
- 3/4 da xícara (chá) de  açúcar
- 4 ovos
- 1 colher de sopa de fermento químico
- 1 colher de  sobremesa de erva doce (opcional)
- 1 pitada de sal
- 1/2 xícara (chá) de óleo



Modo de fazer
1º -  Em uma panela, coloque o fubá, o polvilho, o açúcar e o sal. Misture bem.
2º - Acrescente o leite e o óleo. Mexa até dissolver os ingredientes e leve em fogo baixo até formar um angu e uma casquinha no fundo da panela. No início você vai achar que não vai dar certo, mas vai mexendo com uma colher de pau e verá seu angu se formando.
3º - Deixar esfriar.
4º - Coloque este angu numa batedeira e acrescente os os ovos um a um até formar uma massa nem mole e nem dura. Acrescente então a erva doce (opcional), e o fermento químico, misture e reserve.
5º - Unte uma xícara, polvilhe com fubá, coloque uma colher da massa na xícara e vá sacudindo para que se espalhe por igual.
6º - Asse em forno médio.
7º - Se preferir, faça bolinhas e coloque em forminhas. Leve ao freezer por cerca de 3 horas. Vá assando a medida que necessitar. Pode mantê-las congeladas e assar sem deixar descongelar.

Bom Apetite!

Alho Poró

O alho-poró é bastante utilizado na culinária em diversas partes do mundo. Esse tempero já era utilizado pelos egípcios, romanos e gregos e depois de certo tempo, o alimento se espalhou por toda a Europa. Tem o gosto um pouco mais suave do que a cebola e ganhou muito espaço na cozinha e em pratos de chefes famosos.

É ainda conhecido pelos termos alho-francês, alho-macho, alho-poró, alho-porró, alho-porrô, poró, porro, porró, porrô, porro-bravo e porro-hortense. Em algumas regiões do Brasil é conhecido como cebola-poró, devido à sua semelhança com este vegetal. Em vez de formar um bulbo arredondado, como a cebola, o alho-poró produz um longo cilindro de folhas encaixadas umas nas outras, esbranquiçadas na zona subterrânea, sendo esta a parte das folhas a mais utilizada na culinária, ainda que a parte verde também possa ser utilizada, por exemplo, em sopas.

Além de ser um alimento saboroso, o alho-poró consegue oferecer diversos benefícios para a saúde.

Este alimento também é considerado um alimento funcional, sendo suas propriedades nutricionais de grande interesse, pois possui baixo teor de lipídios e sem colesterol.

Possui várias vitaminas como A, C e complexo B, enxofre, e diversos sais minerais como fósforo, ferro, cálcio e potássio. Também é possível encontrar no alho-poró uma substância chamada alicina que ajuda a melhorar o sistema imune, reduz as taxas de colesterol e tem ação anti-inflamatória. Consegue concentrar altas quantidades de flavonoides, poderosos antioxidantes que também possuem ação anti-inflamatória e antibacteriana.

Por ser rico em fibras dietéticas, ele ajuda ainda nas funções digestivas e no metabolismo, ajudando ainda a dar sensação de saciedade.

Alho-poró é um diurético suave, o que ajuda na eliminar as toxinas do organismo, além de possuir poucas calorias e ser altamente nutritivo.

É possível concluir que o alho poró é um alimento com características benéficas para o organismo humano, por sua grande quantidade de fibras e minerais, baixo teor de lipídeos e carboidratos, e uma variedade de compostos metabólicos
secundários que resultam em muitos efeitos como prebiótico e antioxidante.

Seu uso nas preparações de alimentos, além agregar valor nutricional ao mesmo, resulta em um aumento na conservação do alimento.

Seu sabor aromático possibilita que o alimento seja preparado com um menor teor de cloreto de sódio.

Precaução: Pessoas portadoras de insuficiência renal devem evitá-lo pelo sue alto teor de potássio, o que poderia cause ma arritmia cardíaca.

Sopa mágica de alho-poró
Uma receita clássica da França, utilizada para perda rápida de peso por no máximo 2 dias, não mais. Depois volta-se a uma dieta equilibrada para não prejudicar o seu organismo.

1. Limpe 2 kg de alho-poró e lave-o bem para tirar a areia e a terra. Corte fora as partes verde-escuras, deixando as partes brancas e as verde-claras. Reserve as verdes restantes para o estoque da sopa.
2. Coloque o alho-poró em uma panela grande e cubra com água. Deixe ferver. Reduza o fogo e cozinhe sem tampar por 20 a 30 minutos.
3. Retire o líquido e reserve.
4. Coloque o alho-poró em uma vasilha.

O suco deve ser bebido (aquecido ou à temperatura ambiente) a cada 2 ou 3 horas, 1 xícara de cada vez.
Nas refeições ou sempre que sentir fome, coma o próprio alho-poró, 1⁄2 xícara de cada vez. Tempere com algumas gotas de azeite extra virgem e com suco de limão. Salpique um pouco de sal e pimenta. Se desejar, coloque salsa picada.


Referências:


Pão de Painço

Prático, barato, fácil de fazer e não é comida de passarinho.
O Painço em grão é encontrado em qualquer local, já a farinha, somente em casas especializadas, por isso decidi testar essa receita.
Ficou ma delicia!

Ingredientes
- 500 gramas de Painço em grão cozido em 01 litro de água batido no liquidificador. Se necessário pode acrescentar um pouco mais de água para ficar bem batido e homogêneo.
- 01 colher (sopa) de açúcar
- 10 gramas de fermento biológico
- 01 colher (sopa) de manteiga ou banha de porco
- 01 xícara (chá) de amido de milho diluído em água fria
- 03 ovos
- 01 xícara (chá) de albumina - clara de ovo desidratada
- 01 colher (chá) de cremor tártaro
- 01 colher (chá) de goma xantana
- 01 colher (chá) de goma guar
- 01 colher (sopa) de sal
- Ervas finas ou chimichurri (opcional)

Modo de fazer
01 - Depois de bater o Painço, acrescente o açúcar, a manteiga ou banha de porco, o fermento biológico, a albumina, os ovos, o amido de milho diluído em água fria, a goma xantana, a goma guar, o cremor tártaro, misture bem e deixe descansar até dobar de volume.
02- Somente depois do fermento biológico fazer efeito acrescente o sal e ervas
03 - Unte uma assadeira e despeje sua massa
04 - Asse em forno pré-aquecido por ceca de 01 hora.
05 - Não se esqueça de colocar uma assadeira com água no fundo do forno para que seu pão fique fofinho.

Bom Apetite!

Sugestão… Sirva com o Patê de Abacaxi da Rô.

Patê de Abacaxi da Rô

Esse patê é uma das coisas mais deliciosas que já tive a experimentar.
Obrigada Rosangela por dividir essa delícia conosco. 

Ingredientes
- 01 abacaxi cortado em cubos
- 01 colher (sopa) de açúcar
- 250 gramas de bacon cortado em cubos
- 02 dentes e alho amassados (opcional)
- 250 gramas de creme de leite gelado
- Azeitonas cortadas em fatias
- 200 gramas de uva passa semente
- 01 pitada de sal
- 01 fio de azeite extra virgem

Modo de fazer
01 - Frite o bacon com o alho amassado e reserve
02- Cozinhe o abacaxi com o açúcar, sem água, para retirar a acidez, escorra e reserve
03 - Depois de frio, misture tudo

Está pronto.
Guarde na geladeira. 
Bom Apetite!

Pão sem Glúten e sem Lactose

Em resposta ao pedido da Bárbara Monteiro sobre o pão que levei ontem para o trabalho.
Estou testando pães mais parecidos com o nosso famoso Pão Francês.
Espero que em breve eu acerte a receita.

Comentário: Por favor... Posta a receita daquele pão maravilhoso! Quase comi tudo sozinha!!! O melhor de todos!
Beijos!!!


Ingredientes
- 01 colher (sopa) de banha de porco
- 01 colher (sopa) de açúcar
- 03 a 04 ovos (depende do tamanho do ovo)
- 02 xícaras (chá) de polvilho azedo
- 01 xícara (chá) de farinha de arroz cozido em 500 ml de água
- ½ xícara (chá) de farinha de linhaça dourada
- 250 ml de água morna
- 10 gramas de fermento biológico
- 01 colher (chá) de cremor tártaro
- 01 colher (café) de goma xantana
- 01 colher (café) de goma guar
- 01 colher (sopa rasa) de sal
- Frutas cristalizadas a gosto

Modo de fazer
1º - Em um recipiente junte a banha de porco, os ovos e o açúcar e bata bem até ficar uma mistura homogênea.
2º - Acrescente as farinhas, a água morna, o cremor tártaro e o fermento biológico. Bata novamente até ficar homogêneo, cubra com um pano úmido e deixe o fermento agir até que dobre de volume.
3º - Somente então acrescente o sal, as gomas e as frutas cristalizadas mexendo suavemente.
4º - Unte uma forma retangular média com banha de porco, despeje sua massa, e com a mão úmida em água, espalhe para cobrir toda a forma.
5º - Coloque um tabuleiro com água quente sobre a base do forno e leve para assar em forno médio pré-aquecido por cerca de 50 minutos. Faça o teste do garfo.

Bom apetite!

Pão de Frigideira

Que tal um pão quentinho na hora do lanche!
Essa receita é deliciosa, e pode ser incrementada com outros tipos de farinhas para aumentar o valor nutritivo de seu pão.
Nesse caso usei farinha de painço, mas pode ser usado gergelim, farinha de linhaça, farinha de batata doce, fécula de batata, amaranto, quinoa… ou ainda uma mistura delas.
Outra opção é colocar ervas finas ou temperos, como o chimichurri.
Fica uma delícia!
E pode ser ingerido puro, ou com cremes, geléias, requeijão, queijo, manteiga e muito mais.
E para aqueles que não podem com o glúten e sentem saudades de comer uma rabanada, basta polvilhar com açúcar e canela.

Ingredientes
- 02 ovos
- 50 ml de água
- 01 xícara (chá) de polvilho doce
- 01 xícara (chá) de polvilho azedo
- 01 pitada de sal
- 01 xícara ( chá) de farinha a sua escolha - no caso usei painço
- Ervas e temperos (a gosto)
- 01 colher (café) de fermento químico

Modo de fazer

1º - Em um recipiente misture todos os ingredientes, com exceção do fermento e ervas (se for utilizar)
2º - Misture bem
3º - Acrescente o fermento mais as ervas, misture gentilmente
4º - Unte uma frigideira e coloque sua mistura
5º - Tampe
6º - Deixe no fogo baixo por 05 minutos
7º - Vire, tampe novamente e deixe mais 05 minutos

Sirva-se!
Bom Apetite!




Painço

Também conhecido como milhete ou milho miúdo, o Painço é um cereal mais antigo que o arroz, cevada, trigo ou centeio. Uma enorme variedade de plantas pertence à espécie do milho-painço, entre elas o sorgo. É o único cereal alcalino.

Oriundo das Índias Orientais e do Norte de África, sua utilização era frequente em grandes regiões da Ásia, antes da introdução do arroz, há cerca de 12.000 anos.

Na China, há milhares de anos, fazia-se macarrão com farinha de painço, que muitos pensam ser exclusiva e indicada como comida de passarinho; igualmente muito usado na culinária macrobiótica.

Altamente nutritivo, suave, contém muita fibra e também de fácil digestão, é um dos alimentos conhecidos como sendo dos mais antigos e é utilizado ainda hoje na confecção de pães, papas, bolos e diversos pratos e sobremesas. É também muito usado como comida para pássaros e outros animais.

É constituído por: 15% de proteína, vitaminas do complexo B, aminoácidos essenciais, lecitina, alguma vitamina E e tem elevados valores de minerais como: o ferro, o magnésio, o fósforo e o potássio.

Com baixo teor calórico, o Painço contém mais fibra do que qualquer outro grão. As fibras ajudam a manter uma pessoa com estômago cheio e, portanto, dá uma sensação de saciedade. Por conter triptofano, também reduz o apetite. O teor de gordura é significativamente baixo quando comparado a outros cereais e ele também contém gorduras insaturadas saudáveis.

Mas seus benefícios não param por aí. 
O Painço é rico em cálcio, podendo ajudar no desenvolvimento e fortalecimento de ossos e ajuda na prevenção de fraturas e osteoporose.
Possui índice glicêmico muito baixo, fornece muitos nutrientes como aminoácidos essenciais, fósforo, magnésio, ferro, cálcio e vitamina C.
O Painço é considerado um laxante natural. Ele pode promover a evacuação eficiente e podem prevenir a constipação.
O painço é indicado para os vegetarianos, por causa do teor de proteína, que supera o contido no feijão.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...